domingo, 18 de abril de 2010

OFTALMOLOGISTA




O que é ser um oftalmologista?

O oftalmologista é o médico que estuda, diagnostica e trata doenças do sistema visual. Esta especialidade médica dedica-se ao estudo e tratamento das doenças e erros de refração apresentados pelo olho, trabalho este também realizado por optometristas. Este médico é capacitado para o tratamento médico e cirúrgico de todas as doenças oculares.

Quais as características necessárias para ser um oftalmologista?

Para ser um oftalmologista, além de todo o conhecimento adquirido na faculdade de medicina, as características abaixo são interessantes para o profissional desta área:
  • gosto pela medicina e pelas ciências biológicas
  • capacidade de observação
  • capacidade de organização
  • responsabilidade
  • metodologia
  • facilidade para lidar com as pessoas
  • pró-atividade
  • dinâmica
  • sensibilidade
  • paciência
  • disponibilidade permanente para o estudo
  • autocontrole

Qual a formação necessária para ser um oftalmologista?

Para ser um oftalmologista é necessário possuir diploma de curso superior em Medicina, com duração de seis anos, e posterior especialização (equivalente à pós-graduação) e residência na área de Oftalmologia de alguma instituição de saúde, de no mínimo dois anos ou realizar estágio em instituição reconhecida, com duração de três anos. É imprescindível que o curso escolhido seja de qualidade e reconhecido pelo MEC (Ministério de Educação e Cultura). O curso de Medicina engloba matérias como: anatomia e fisiologia dos diferentes sistemas do corpo humano, biologia, bioquímica, biologia molecular, genética, patologia, medicina preventiva, farmacologia, epidemiologia, psicologia médica, ente muitas outras matérias que tratam de todos os sistemas do corpo e especializações da medicina. É importante que o profissional se atualize constantemente por meio de cursos, congressos, palestras e workshops, para se manter sempre informado sobre novos métodos e técnicas de tratamentos e diagnóstico.

Principais atividades

  • realizar consultas 
  • fazer perguntas sobre a história familiar
  • pesquisar os hábitos e condições de vida do paciente
  • acompanhar o desenvolvimento de doenças
  • examinar o funcionamento do sistema ocular
  • realizar o exame "para óculos": exame que avalia não só da saúde ocular, mas também da saúde de todo o organismo, e este exame permite a detecção precoce de doenças que oportunamente tratadas evitam a perda funcional do olho
  • verificar queixas, dores de cabeça
  • receitar óculos ou lentes de contato apropriados para compensar a falta de vista, e pelo tratamento das mesmas 
  • solicitar exames detalhados
  • prescrever tratamentos adequados em cada caso e correções para os distúrbios da visão
  • acompanhar o tratamento, verificando melhora do quadro clínico e mudanças necessárias no método de tratamento
  • acompanhar tratamentos mais específicos com outros médicos
  • realizar cirurgias

Áreas de atuação e especialidades

O oftalmologista trabalha na área clínica ou hospitalar, seja da rede pública ou privada. Algumas das principais sub-especialidades que este profissional pode seguir:
  • Oftalmo-pediatria: é a área voltada para o tratamento e acompanhamento da saúde ocular infantil
  • Plástica ocular
  • Doenças orbitárias
  • Doenças das vias lacrimais
  • Estrabismo
  • Glaucoma
  • Catarata 
  • Retina 
  • Cirurgia refrativa
  • Oftalmoacupuntura 

Mercado de Trabalho

O mercado de trabalho para o profissional da saúde sempre é amplo. A precariedade da saúde pública faz com que haja constante necessidade de profissionais para servir a população. A rede particular também demanda muitos profissionais, principalmente na área de estudos e pesquisas. O importante para se destacar no mercado é a constante atualização por meio de cursos, pois a área da saúde apresenta grande campo de trabalho e especializações sempre são um diferencial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário